Circo de los Niños: um lindo projeto social para inspirar

Fotos de Andrea Lopez

Fotos de Andrea Lopez

O cenário poderia ser qualquer lugar do Brasil, mas foi no México que conheci um projeto inspirador para crianças tão carentes quanto as nossas: o Circo de los Niños. Tudo começou quando o canadense Gilles Ste-Croix, um dos co-fundadores do Cirque du Soleil, comprou uma casa no sossegado vilarejo litorâneo de San Francisco, conhecido como San Pancho, na Riviera Nayarit, e decidiu ajudar a comunidade local fazendo o que mais sabe na vida: arte circense.

Ele fez parceria com a premiada ong Entre Amigos, que realiza um importante trabalho de reciclagem e de inclusão social e cultural com mães e crianças do povoado, e em 2011 decidiu dar aulas de circo para a garotada. O projeto cresceu na mesma proporção da animação e dedicação das crianças. Dez dias após as primeiras aulas, Ste-Croix organizou um show amador, mas a segunda apresentação, três anos depois, foi muito mais grandiosa. Em 21 de março deste ano, 60 meninos e meninas apresentaram para um público de quase mil espectadores o espetáculo “Orale!”, com renda do ingresso revertida para a ong.

Circo de los ninos

“Gilles Ste-Croix convidou amigos para se juntarem a nós, treinadores, coreógrafos, designers. Todas essas pessoas trabalharam ou ainda trabalham no Cirque du Soleil e muitos que se aposentaram recentemente passaram toda a vida na companhia”, contou a americana Nicole Swedlow, fundadora da Entre Amigos. “Algumas das crianças tiveram aulas de circo por apenas oito semanas, mas outras estão com a gente desde o primeiro show, em 2011”, continuou Nicole ao Pequenas Escolhas.

O recente espetáculo foi um sucesso e a trupe já planeja o próximo para 2015. Sorte desses pequenos artistas, que aprenderam a se equilibrar, saltar, voar e, principalmente, a sonhar.

Circo de los ninos_2

Circo de los ninos_3

Circo de los ninos_9

Circo de los ninos_8

Circo de los ninos_4

Circo de los ninos_5

Circo de los ninos_7
VEJA TAMBÉM:

 

 

 

 

 

 

Luciana

Deixe uma resposta