Com bebê, eu vou de Uber!

uber_Na batalha entre taxistas e motoristas de Uber, o cidadão é quem leva a melhor porque tem opção. O serviço de carros particulares impecáveis –  com ar-condicionado, som na medida, garrafa de água e balinha à disposição – já tinha o posto de favorito entre meus aplicativos.

Esta semana, numa corrida com bebê no colo, bolsa a tiracolo e carrinho no porta-malas, o Uber me mostrou mais uma vantagem: chegar ao destino e desembarcar rapidamente.

Nada de malabarismo para abrir a bolsa com uma mão só e pegar o dinheiro na carteira, ou esperar o trâmite da maquininha do cartão ou mesmo digitar a senha do cartão pré-cadastrado ao mesmo tempo em que segurava uma criança contorcionista.

Para quem não sabe, o Uber não tem opção de efetuar o pagamento no carro. A corrida é cobrada automaticamente no cartão de crédito previamente cadastrado e o recibo é enviado por email.

 

taxi

 

Luciana

Deixe uma resposta