Feliz aniversário pelo correio

cartão

 

Lá estava ele descansando sobre o capacho da porta de entrada, misturado com outras chatices que o correio sempre entrega. O envelope colorido nunca falha, ele chega todos os anos para desejar feliz aniversário a minha pequena. É o bisavô inglês quem mantém esse ritual que me emociona.

Chloe acha divertido abrir o cartão com seu nome e logo esquece o assunto. Certamente a geração dela não será tocada com o carinho de uma carta escrita à mão e enviada pelo correio. Sinal dos tempos.

Recentemente eu me flagrei tendo o mesmo prazer de quando recebia um correspondência de alguém querido. Foi quando chegou em casa um pacote desses sites de compras chineses com uma bobagem qualquer de menos de US$ 10, que eu havia encomendado meses antes. Como a entrega demorou, tinha até me esquecido que aguardava algo.

Sim, foi delicioso receber aquela embalagem depois de tanto tempo, mas juro que não pretendo virar uma compradora compulsiva. Me permitirei uma comprinha vez ou outra. Afinal, as cartinhas do passado não eram tão frequentes assim.

VEJA TAMBÉM: Que tal escrever uma cartinha para sua princesa favorita? 

Luciana

Deixe uma resposta