Leve as crianças para a cozinha!

criancas na cozinha_

É uma dica superbatida, mas é fato: a criança se alimenta melhor quando se envolve no preparo das refeições. Me considero uma privilegiada mãe de uma menina de quatro anos que come bem e saudável e acho que isso vem da própria criança, do exemplo dos pratos dos pais e de alguns estímulos. Levar os pequenos à feira, ao mercado e à cozinha é um deles. Aqui casa por exemplo, como já contei, temos uma cozinha de brinquedo dentro da nossa cozinha e muitas das refeições são preparadas com a ajuda de duas mãozinhas.

Recentemente, no mesmo final de semana em que foi publicada uma ótima entrevista com o jornalista americano Michael Pollan na revista Serafina, do jornal Folha de S.Paulo – ele defende a ideia de cozinhar a própria comida -, minha filha coincidentemente assistia a uma maratona do programa Tem Crianças na Cozinha (do canal Gloob). Fiquei feliz com a empolgação dela ao descobrir como se faz massa de macarrão e de me relatar o preparo de um brownie.

Mas não é o só trio do programa infantil que a fascina. Ela também para o que está fazendo para ver Jamie Oliver, Rodrigo Hilbert e Rita Lobo. Se ela levará jeito com as panelas no futuro, ainda não sei, mas já me contento com a noção que tem sobre alimentação.

Desde pequena ela aprendeu a separar os alimentos em apenas duas categorias: saudáveis e não saudáveis. Muitos da lista da segunda divisão ela nunca experimentou e só come alguns deles (como sorvete e chocolate) se tiver ingerido antes itens da primeira. Esse é o acordo e não tem discussão.


IDEIAS DE LANCHES SAUDÁVEIS:

 

 

Luciana

Deixe uma resposta