Você trocaria um brigadeiro por um picolé? SIMMM!

picoles

Calor, crianças suadas de tanto brincar… Já pensou em trocar os brigadeiros da festa infantil por picolés de frutas bem refrescantes? Posso garantir: é sucesso absoluto.

Substituí os tradicionais docinhos de leite condensado e chocolate por uma caixa abarrotada de sorvete no palito de limão, morango, maracujá, tangerina e açaí, em que os pequenos convidados podiam se servir à vontade. Em uma enorme e linda cesta de vime com tampa, acomodei três caixas de isopor com gelo e 80 picolés para uma festa com 25 crianças. Mas o brigadeiro não ficou totalmente de fora da comemoração. Ele ganhou status de rei do pedaço e foi o sabor escolhido para o bolo.

Quer entrar na onda e servir picolé na próxima festa do seu filho? Veja qual é a melhor opção para a sua comemoração:

ECONÔMICA: Vá até a loja de fábrica Oggi (na Av. Rebouças, em São Paulo), que vende mais barato por atacado. O picolé Frutos sai mais em conta do que um brigadeiro gourmet. Atenção: a marca tem uma linha chamada Festa, com picolés menores e mais baratos, porém com sabores muito artificiais.

PRÁTICA: Pare na padaria mais próxima e arremate algumas caixas do bom e velho Kibon – ou do Rochinha.

SOFISTICADA: A Vero Latte, por exemplo, tem gelatos artesanais com cobertura durinha e em tamanho mini. E ainda disponibiliza um charmoso carrinho para locação.

 

Luciana

Deixe uma resposta