Sesc, você vai mesmo nos abandonar?

Querido Sesc,

Após rasgar elogios a você publicamente neste blog (aqui), decidi escrever uma carta aberta de lamentação.  No último domingo (12), o brinquedo desejado e os dois novos livros já haviam sido entregues antecipadamente em comemoração ao Dia das Crianças e minha filha de quatro anos fez mais dois pedidos: estrogonofe para o almoço e nadar no Sesc. Sim, esses são respectivamente o prato e o passeio favoritos dela.

Ao entrar em uma das piscinas mornas e lotadas do Sesc Pinheiros (o nosso clube local) com suas boinhas no braço naquele dia de calor, a minha pequena não se continha e rodopiava de felicidade. Vou arriscar na comparação: seus olhinhos brilharam mais naquela piscina do que quando pisamos na Disneyland.

Me deu vontade de chorar por saber que aquela alegria tem prazo de validade. Um pouco antes do mergulho, quando fomos renovar o exame médico, soube que só poderíamos usufruir daquelas gostosas piscinas (e de todas as outras do Sesc) até março, quando vence a nossa matrícula de usuário. A notícia de que o Serviço Social do Comércio anunciou em julho que não iria mais renovar a carteirinha de quem não é comerciário havia passado despercebida.

Tomara que até lá você mude de ideia e reconsidere a permanência dos usuários. Sei que somos mais de 200 mil, que há superlotação, mas que tal fazer uma lista de espera aos novos usuários e cancelar a matrícula de quem não frequenta suas unidades há seis meses, por exemplo?

Enquanto torço para que suas regras mudem, vou levar minha filha mais vezes às piscinas do nosso clube preferido. Pelo menos até março a diversão está garantida.

 

Piscina Sesc Pinheiros

 

 

VEJA TAMBÉM:

 

Luciana

Deixe uma resposta