Por que amamos o Sesc

Piscina Sesc Pinheiros

 

Se você já conhece as maravilhas das unidades do Sesc, vai concordar com este post. Não há em São Paulo lugar tão legal e com uma superestrutura pelo qual pagamos tão pouco.

Minha família conheceu o Sesc aos pouquinhos. Primeiro indo a exposições e eventos. Depois, experimentamos a comida gostosa e barata de suas Comedorias, como são chamados os restaurantes nas unidades. E, por fim, há um ano e meio nos tornamos sócios deste clube pagando R$ 114 pela anuidade familiar. Isso mesmo: cento e quatorze reais por ano para toda a família.

Decidimos virar sócios por causa das piscinas da unidade de Pinheiros. Quer saber? Foi a melhor coisa que fizemos. Gostamos de viajar, gastamos dinheiro com passeios, mas, sem dúvida, nadar lá é o programa favorito da minha filha de quatro anos.

Como já contei aqui, sou casada com um inglês, e para ele o Sesc é um dos lugares mais próximos do que é oferecido em países desenvolvidos: programação cultural de qualidade, piscina (quase) pública, funcionários que prestam um excelente atendimento e investimento no conforto dos usuários. Um exemplo banal é o design dos móveis da Comedoria. Nenhum restaurante caro de São Paulo têm à disposição cadeirões de madeira tão incríveis.

Isso sem contar a intensa programação infantil, principalmente nos finais de semana e nas férias. E o feito se repete em todas as unidades. Já comprovamos em Pinheiros, na Pompéia, em Santo André e até no interior de São Paulo, em Sorocaba, que mais parece um clube “de verdade” por causa de suas piscinas ao ar livre.

Então, que tal dar uma passadinha no Sesc mais próximo?

 

Sesc Pinheiros_comedoria

 

  VEJA TAMBÉM:

 

Luciana

2 Comments

  1. Eu amo o Sesc Pinheiros…vou pelo menos uma vez ao mês com meu filho de 3 anos e meu marido.
    Até parece que estamos fora do país quando estamos lá dentro.
    Bjs

Deixe uma resposta