Você trocaria um brigadeiro por um picolé? SIMMM!

picoles

Calor, crianças suadas de tanto brincar… Já pensou em trocar os brigadeiros da festa infantil por picolés de frutas bem refrescantes? Posso garantir: é sucesso absoluto.

Substituí os tradicionais docinhos de leite condensado e chocolate por uma caixa abarrotada de sorvete no palito de limão, morango, maracujá, tangerina e açaí, em que os pequenos convidados podiam se servir à vontade. Em uma enorme e linda cesta de vime com tampa, acomodei três caixas de isopor com gelo e 80 picolés para uma festa com 25 crianças. Mas o brigadeiro não ficou totalmente de fora da comemoração. Ele ganhou status de rei do pedaço e foi o sabor escolhido para o bolo.

Quer entrar na onda e servir picolé na próxima festa do seu filho? Veja qual é a melhor opção para a sua comemoração:

ECONÔMICA: Vá até a loja de fábrica Oggi (na Av. Rebouças, em São Paulo), que vende mais barato por atacado. O picolé Frutos sai mais em conta do que um brigadeiro gourmet. Atenção: a marca tem uma linha chamada Festa, com picolés menores e mais baratos, porém com sabores muito artificiais.

PRÁTICA: Pare na padaria mais próxima e arremate algumas caixas do bom e velho Kibon – ou do Rochinha.

SOFISTICADA: A Vero Latte, por exemplo, tem gelatos artesanais com cobertura durinha e em tamanho mini. E ainda disponibiliza um charmoso carrinho para locação.

 

Na festa infantil, a trilha sonora é para os adultos

Sou fã das músicas para criança do Pato Fu e da Adriana Partimpim; de Palavra Cantada cansei um pouco. Mas, ao organizar a festa de aniversário da minha filha, bateu uma dúvida sobre qual seria a playlist. As crianças estarão se divertindo nas camas elásticas, trapézio e tecidos acrobáticos, e certamente não vão prestar atenção na trilha sonora. Sobrará para os pais escutar por três ou quatro horas a nossa seleção musical. Bingo! Então, vamos fazer uma lista para agradar os adultos.

Para saber por onde começar, acionei meu amigo querido, editor de Cultura da Harper’s Bazaar e DJ Gustavo Abreu, que prontamente topou montar uma playlist para os 7 anos da minha filha. Ontem à noite recebi um recado dele: “Comecei a escolher as músicas e tive a ideia de só colocar vocais de mulheres poderosas e inspiradoras, pra Chloe crescer com vários role models incríveis na música. De Blondie e Cyndi Lauper… a Cat Power e Sia. Espero que gostem!”

Fiquei emocionada com o gesto e apertei play. Eu e Chloe adoramos a seleção.

Quer saber qual é? Clique aqui: http://spoti.fi/2eHQhLr

 

chloe

 

Alexandre Herchcovitch lança linha de festa para criança

Passei a manhã vasculhando o Pinterest com a minha filha para a gente começar a ter ideias para sua festa de seis anos, cujo tema escolhido é o Dia das Bruxas. À tarde, recebo um email da assessoria de imprensa de Alexandre Herchcovitch anunciando o lançamento da primeira coleção de linha de festa do estilista em parceria com a Cromus Soluções. Bingo! A famosa caveirinha de Herchcovitch tem tudo a ver com o temática Halloween.

Os enfeites de papel, perfeitos para festas feitas em casa, estão à venda em várias lojas e podem ser comprados online na Festabox, Magazine 25 e Rizzo Embalagens. Os preços variam entre elas.

 

Copo descartável

Copo descartável

Guardanapo

Guardanapo

Maleta para lembrancinha

Maleta para lembrancinha

O estilista também inspirou-se no mundo da moda, claro, e criou a linha Fashion Show. Achei uma graça o convite que é uma credencial de desfile e o copo em forma de scarpin.

Convite credencial de desfile

Convite credencial de desfile

Copo com o tema Fashion Show

Copo com o tema Fashion Show

Nada de festa infantil ostentação

Auguri Brigaderia

 

Sou da geração que comemorava aniversário na escola. E eu adorava. Só que às vezes preferia um bolo com recheio escorrendo em vez dos gostosos quadradinhos embrulhados no papel alumínio que ficavam na caixa de isopor. Como nasci em abril, coelhinho da Páscoa era um tema recorrente na decoração dessas caixas. E apesar da falta de criatividade da minha mãe, eu gostava bastante desse tipo de festa.

A minha pequena decidiu por livre e espontânea vontade que queria comemorar seus 4 anos na escola. Achei ótimo: algo mais simples para os amiguinhos preferidos. Ela passou as últimas semanas só falando no assunto e sua única exigência foi lembrancinha para a garotada.

Mandei um bolo recheado feito por mim, sucos, copinhos e pratinhos da Hello Kitty. Brigadeiros gourmet foram o meu maior investimento. E valeram a pena – os docinhos da Auguri Brigaderia são grandes e fantásticos! Caprichei nas lembrancinhas e pronto.
Mais um ano festejado.  E sem ter que discutir o que é certo ou exagero nas celebrações de hoje em dia.

Prefiro o mais simples, sempre, mas talvez eu seja a minoria. Não falta entusiasta de festa infantil ostentação – amei o termo usado pela revista TPM. Mas cada um sabe de suas prioridades, de seus sonhos e de seu saldo na conta bancária, não é?